Mostrando 652 resultados

Fundos e Coleções
Escola Superior de Agricultura e Veterinária (ESAV)
Visualizar impressão Visualizar:

146 resultados com objetos digitais Mostrar os resultados com objetos digitais

Direção da Escola

Relatórios gerais de atividades administrativas e pedagógicas produzidos pelos diretores da Esav e encaminhados ao Secretário de Agricultura do Estado de Minas Gerais, ou à Junta Administrativa.

Esav

Sem título

É formada por itens documentais que registram as atividades administrativas e pedagógicas da escola. As principais espécies documentais encontradas foram os “relatórios”, que tinham como função expor as principais ocorrências dos fatos, dos eventos, das principais despesas e transações ocorridas na Escola. Tais itens foram produzidos por alguma autoridade (Diretor, professor ou comissões) e eram encaminhados à autoridade superior, com objetivo de prestar contas.

Órgãos colegiados

Incluem-se documentos que registram o planejamento, a divulgação e o registro das reuniões dos órgãos colegiados da Esav. Os principais itens são as atas das reuniões com os relatos do que foi discutido e resolvido. A maioria foi redigida por um (a) secretário e todas foram lavradas pelos membros dos colegiados.

órgãos Colegiados

Sem título

Junta Administrativa:

Foi criada em 1931 para compor a administração superior da Esav. Sua formação inicial contava com nove agricultores que não exerciam nenhum cargo público, os mesmo foram nomeados pelo Presidente do Estado de Minas Gerais.

Congregação

Congregação:
Órgão superior da direção didática e pedagógica da Escola, presidida pelo Diretor, composta por todos os professores da Escola e contando com um secretário (a).

Congregação

Relação extra institucional.

Correspondências trocadas entre PH. Rolfs e diretores e professores da Esav relacionadas ao seu desenvolvimento. Compreendem o período em que Rolfs permaneceu no Brasil como Coordenador Técnico de Agricultura do Estado de Minas Gerais e quanto colaborador até seu falecimento (1944).

  • Três cartas em inglês em que Rolfs convida professores dos EUA para lecionar na Esav.

Contrato com a empresa responsável pela linha férrea "The Leopoldina Railway Company"

Contrato para atravessamento da linha férrea com encanamento entre a The Leopodina Raiway Company e a Escola Superior de Agricultura e Veterinária em que são abordados todos os valores, deveres e obrigações entre a responsável pela linha férrea e a concessionária (Esav).

Contrato com a empresa responsável pela linha férrea "The Leopodina Railway Company"

Contrato para atravessamento da linha férrea com encanamento entre a The Leopodina Raiway Company e a Escola Superior de Agricultura e Veterinária em que são abordados todos os valores, deveres e obrigações entre a responsável pela linha férrea e a concessionária (Esav).

Contrato com a empresa responsável pela linha férrea "The Leopodina Railway Company"

Contrato para atravessamento da linha férrea com encanamento entre a The Leopodina Raiway Company e a Escola Superior de Agricultura e Veterinária em que são abordados todos os valores, deveres e obrigações entre a responsável pela linha férrea e a concessionária (Esav).

Avaliação sobre a contribuição da Escola para agricultura de MG

Questionário com questões, datilografadas, sobre a contribuição da Escola para o desenvolvimento da agricultura mineira. Composto por quatro perguntas relativas a eficiência, qualidade e metodologia das ações da Escola em direção a esse objetivo. Todas as questões foram respondidas e assinada por R. Gomes.

Questionário aplicado aos Técnicos Agrícolas formados na Esav

Questionários enviados e respondidos pelos Técnicos Agrícolas formados na escola até o ano de 1931. Com objetivo de saber sobre a colocação dos mesmos no mercado de trabalho, como também, questões sobre a agricultura e sobre eventuais deficiência na formação que tiveram na Escola.

João Carlos Bello Lisbôa

Avaliação Institucional

Avaliação de alunos, funcionários e professores em relação a gestão administrativa e acadêmica da Esav. Englobam-se itens como: os questionários de avaliação, relatórios finais e parciais, comunicações etc.

Decreto que reconhece a Esav como oficial.

Decreto nº112 de 1935 emitido por Getúlio Vagas, então Presidente da Republica, reconhecendo a Escola Superior de Agricultura e Veterinária como oficial conferindo-lhe as prerrogativas e direitos estabelecidos por lei aos Estabelecimentos Superiores Federais de Ensino. Junto ao Decreto encontra-se a exposição de motivos do Secretário de Agricultura, Odilon Braga, recomendando que o presidente reconhecesse a escola por meio do decreto.

Getúlio Vargas

Parecer jurídico sobre a legalização estatutária da Escola

Parecer jurídico emitido por Sandoval Soares de Azevedo em relação aos questionamentos emitidos pela própria Esav em relação a sua normatização legal quanto Fundação de Ensino, e quanto a legalidade das escrituras dos terrenos que foram doados à Escola desde sua fundação.

Sandoval Soares de Azevedo

Circular sobre código da Caça e Pesca

Circular nº 102 intitulado "Caça e Pesca - Defesa da Fauna" com uma breve reflexão sobre o assunto e com um resumo da lei que trata do Código de Caça e Pesca criado pelo Governo Federal em 02 de janeiro de 1934, com objetivo de conscientizar os frequentadores da Escola em relação a tais questões.

Professor J. Moojen

Resultados 1 até 30 de 652