Mostrando 6506 resultados

Fundos e Coleções
Opções de pesquisa avançada
Visualizar impressão Visualizar:

4435 resultados com objetos digitais Mostrar os resultados com objetos digitais

Edição nº 54

Liberdade de imprensa e politização da TV são pontos destacados em artigo da edição; Edgar Vasques criador da revista “Rango” tem espaço na entrevista para falar de seu principal personagem e a representação social que este carrega.

Edição nº 56

Carnaval carioca e paulista são descritos na edição por meio de depoimentos de integrantes de escolas de samba e artistas da época.

Edição nº 59

O dia da mulher é destaque da edição que retrata a luta e dificuldades destas dentro da sociedade.

Edição nº 60

Cartola foi o destaque deste jornal em entrevista que conta todos os aspectos de sua vida e carreira.

Edição nº 63

Conflito na praia de Trindade ocorrido pela tentativa de expulsão de seus moradores é colocado na edição contando a história de uma das mulheres que faziam parte do grupo e lutou por sua permanência na praia; a cultura brasileira é tema de debate da edição que reuniu Orlando Miranda, Maurício Tragtenberg e João Pedro da Fonseca.

Edição nº 85

O intelectual Cacá Diegues é entrevistado na edição e fala sobre cultura brasileira comentando o filme “Chica da Silva”; Luiz Carlos Maciel ex-colunista do Pasquim também tem espaço em entrevista na edição colocando seus pontos de vista em relação à contracultura.

Edição nº Fragmento 2

Discussão sobre a reforma partidária proposta por Figueiredo é colocada pelo jornal como tratando se de uma farsa demonstrando quais eram as características da mesma discussão; eleição para a representação da União Nacional dos Estudantes (UNE) é representada com sua importância e principais acontecimentos por meio do depoimento de quatro representantes das cinco chapas concorrentes à mesma; a situação de conflitos entre lavradores e grileiros de Conceição do Araguaia é demonstrada por meio do depoimento do advogado da Comissão Pastoral da Terra que acompanhava de perto a situação daqueles lavradores; as articulações do Ministro da Fazenda, secretário executivo do Conselho de Desenvolvimento Industrial e o Ministro da Indústria e Comércio Brasileiro para a atração de investimentos externos no Brasil são colocados no jornal com críticas às mesmas; posteriormente é apresentado um artigo que procura criticar a efetivação de um empréstimo milionário junto a economia internacional fazendo uma crítica do que era esperado pelo Ministro da Fazenda segundo estas articulações; Fidel Castro instituído o presidente dos não alinhados na Assembléia Geral das Nações Unidas demonstra ao jornal a representatividade de Cuba na América e quais as implicações da mesma no órgão; os efeitos da crise da Bolsa de Nova York são caracterizados nesta edição; a crise social vivida no Camboja naquele ano de 1979 é comentada para a demonstração da ação do Comitê Internacional da Cruz Vermelha na “operação sobrevivência” desempenhada para o auxílio da população.

Edição nº 38

A literatura de cordel é colocada pelo depoimento de dois poetas populares nordestinos que relataram suas trajetórias e as lutas de seus companheiros; divergências existentes dentro do Movimento Democrático Brasileiro são colocadas na edição analisando quais as tendências seguidas pelo partido; despejo de soda cáustica em rio de Mogi-Guaçu foi descrito em relação às conseqüências do fato; articulações da Federação dos Metalúrgicos do estado de São Paulo pela campanha salarial foram destacados em artigos da edição que as caracterizaram; a preocupação do presidente Geisel em colocar a indústria brasileira inserida na conjuntura econômica mundial é retratada pela descrição das ações e deveres estabelecidos ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico; situação política vivida no Sudão é destacada; dependência sofrida pela Guiana em relação às multinacionais é comentada com caracterização das implicações disso no governo do país.

Edição nº 39

A descrição da importância e papel do prefeito na sociedade é colocada por depoimento do prefeito de Ilhéus na Bahia; os debates e as exigências colocados na Delegacia Regional do Trabalho de São Paulo para aumento salarial dos metalúrgicos são comentados com descrição das resoluções tomadas entre empregados e empregadores; programas de financiamento para habitação direcionada a famílias carentes pelo Banco Nacional de Habitação são descritos pela edição que demonstra a inviabilidade da execução de muitos deles pela péssima distribuição de renda brasileira; a busca pelo que realmente aconteceu a dois operários da fábrica da Coca Cola em Bonsucesso pela iniciativa do repórter Antônio Castigliola que em entrevista retratou os riscos que corria com essa investigação; implantação de satélite para telecomunicações tem os desafios abordados na edição; a queda do peronismo é destaque demonstrando a situação política Argentina em entrevista com economista que fala sobre a política do país e os impactos econômicos da mesma; hostilidades presentes entre Namíbia e África do Sul pela emancipação do primeiro são descritas em depoimentos de rebeldes; status econômico e social são pontos colocados como fatores que despertariam neuroses na população demonstradas pela pesquisa do psiquiatra Paulo Gaudêncio que cedeu entrevista sobre suas conclusões.

Edição nº 40

A instabilidade do Movimento Democrático Brasileiro é evidência da crise política que abarcava a época, fato demonstrado junto ao relato das cassações de mandatos dos deputados pertencentes ao partido; o grande índice de importações do Brasil é comentado e algumas das iniciativas para equilibrar a economia foram demonstradas; encefalite recorrente no litoral de São Paulo é assunto abordado pelo jornal; o domínio da fama da Coca Cola no Brasil e as especulações sobre suas implicações à população são traços destacados em artigo sobre o consumo do refrigerante; pequena coluna coloca a ação da propaganda para o estímulo do consumismo e alienação da mulher na sociedade; crise política da Cisjordânia é descrita na edição com colóquio sobre as ações e frustrações do governo na busca pelo fim dos conflitos dentro do país; o histórico e conjuntura da época sobre a luta contra o poderio da Espanha sobre o Saara foram destacados em descrição sobre a Guerra no Saara; cinema brasileiro é comentado com demonstração das tendências e abrangência do mesmo na época; Amácio Mazzaropi tem breve descrição de sua carreira e espaço em entrevista na qual comenta sobre seu sucesso e representação na cultura brasileira; em razão do centenário de nascimento do papa Pio XII a edição coloca o relato sobre as posições tomadas pelo papa.

Edição nº 43

As tensões dentro do Movimento Democrático Brasileiro na época foram demonstradas com caracterização das principais motivações do partido; o planejamento urbano do Rio de Janeiro teve comentário sobre a atuação da prefeitura no mesmo; relação de duas tribos indígenas no extremo norte de Roraima foi descrita retratando a visão da sociedade em relação a estes povos e a situação de vida destes; breve histórico da indústria farmacêutica brasileira foi feito com demonstrativo da exploração efetivada por estas diante da situação econômica da população brasileira; casos de corrupção por parte de grandes empresas foram retratados demonstrando a representatividade das mesmas; tensões internas do governo chinês por divergências do partido comunista do país foram também caracterizadas em artigo; ações do Ministro do Interior Paul Blanchet no Haiti foram ressaltadas demonstrando a causa da contrariedade do governo dos Duvalier o que determinou sua demissão; polêmica levantada posteriormente à eleição de candidatos palestinos nacionalistas para a direção da Cisjordânia foi utilizada para demonstrar a necessidade da instalação de um governo democrático no país; verdadeiras motivações da literatura brasileira foram colocadas também em entrevista com o escritor Guido Guerra.

Edição nº 51

Trabalho no Porto de Tubarão pertencente à Vale do Rio Doce é descrito na edição com utilização do depoimento de um de seus trabalhadores; a vida de cortadores de pedra na Bahia é demonstrada pelo relato da história de um desses; polêmicas sobre a representação da Arena e do Movimento Democrático Brasileiro nas eleições são levantadas caracterizando as ações de cada partido para o ganho de votos; distribuição e fornecimento de alimentos básicos à população e interesses dos empresários são pontos divergentes e debatidos em artigo; a espera das determinações para modificações no efetivo do Exército brasileiro é demonstrada com organização de especulações sobre a troca de generais de alguns cargos; as articulações do governo italiano para evitar crises econômicas e políticas são demonstradas; a inserção do Brasil como consumidor do mercado internacional da música é descrita e debatida por depoimento do compositor e maestro Marlos Nobre; resultados da organização do II Festival Internacional de Teatro em São Paulo foram nesta época colocados em pauta; entrevista com o grupo MPB-4 descreve sua trajetória.

Edição nº 55

Construção da Represa de Sobradinho na Bahia foi comentada na edição que demonstrou a mobilização da população e as perspectivas da mesma; as tensões entre a grande imprensa por popularidade entre o Jornal do Brasil e O Globo foram descritas em artigo que demonstrou o modelo de ação de cada uma; as modificações naturais e já esperadas pela construção da FIAT em Betim foram descritas pela representação disso no setor imobiliário junto a um histórico sobre a montagem da empresa; articulações das lideranças europeias para a melhoria de alguns pontos de crise dentro dos próprios países e no contexto mundial foram colocadas em artigo; entrevista com o cineasta Glauber Rocha abordou as novas perspectivas de governo e cultura para a época.

Edição nº 70

Comentário sobre o Fundo Monetário Internacional e suas articulações de apoio aos interesses de países desenvolvidos explicitou as articulações desse órgão; a reorganização do governo da China causada pela morte do seu governante Mao Tse-tung foi demonstrada com o relato das ações para contenção do radicalismo no país; a tentativa do ministro da economia da Argentina de lançar um novo tipo de política econômica teve seus resultados e implicações comentados; movimento nacionalista da Rodésia foi comentado por um breve histórico e análise das questões das obtenções do mesmo; África do Sul teve suas articulações para a segregação entre brancos e negros descritas na edição; a condição de exploração da Namíbia por parte da África do Sul foi colocada na edição com demonstrativo da posição da Organização das Nações Unidas em relação a esse fato; a vida de Di Cavalcanti e sua arte tomaram espaço no jornal pelo depoimento dado por seu amigo Mário Schenberg, professor da Universidade de São Paulo e membro da Associação Internacional dos Críticos de Arte; Feira Nacional de Cultura do SESC foi descrita na edição demonstrando o significado da mesma; artigo fez um histórico do movimento de Canudos demonstrando o significado ao Brasil.

Edição nº 80

Algumas das conclusões sobre o crescimento da população mundial tiradas da pesquisa do Worldwatch Institute foram comentadas; a vida de ngela Diniz a mineira de grande fama por sua beleza foi comentário da edição que demonstrou sua trajetória e a de Francis Scott Fitzgerald; as articulações feitas para assinatura do contrato de financiamento da extração de bauxita em Belém foram demonstradas; pólo petroquímico do Nordeste que tinha o Complexo de Camaçari explorado por uma empresa internacional teve a descrição da situação e da insatisfação de empresas nacionais; inflação dos produtos de primeira necessidade foi relatada na edição; a Organização das Nações Unidas teve suas ações e repercussões demonstradas na edição; tensões do Oriente Médio foram colocadas na edição retratando a situação da ocupação israelense na Palestina; educação brasileira foi comentada segundo as articulações para extinção da disciplina de Estudos Sociais promovida por sociólogos e professores gaúchos.

Edição nº 133

A candidatura do senador mineiro Magalhães Pinto foi colocada na edição demonstrando os apoios os quais o senador obtinha naquela época; a situação econômica brasileira foi analisada na edição a qual demonstrou a porcentagem de renda em relação à população; onda de incêndios ocorrida em Joinville foi demonstrada na edição com esforços do prefeito para deter os mandantes desses tipos de atos criminosos; a luta das famílias da favela Vidigal contra a ordem de remoção das mesmas foi demonstrada em artigo que tentou demonstrar as causas dessa remoção; comentário sobre os resultados da implantação da anistia num país foi colocado fazendo uma análise da situação da incorporação dessa ordem no Brasil em diversos momentos da história do país; a Companhia de Pneus Tropical financiada pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste corria riscos na época de sofrer desnacionalização, fato descrito na edição; implicações ao mercado brasileiro de finanças pela utilização dos chamados cheques administrativos que teve suas articulações demonstradas no jornal e problemas causados pela utilização no caso do Banco Econômico; cerimônia para assinatura do novo acordo do Canal do Panamá entre Estados Unidos e Panamá que substituía o acordo de 1903 e colocava o Panamá na participação econômica foi descrito na edição pelo escritor inglês Graham Greene; referendo organizado pelo general Pinochet sobre a permanência de sua autoridade no poder foi descrito na edição; movimento feminista da França foi caracterizado com demonstração dos pontos levantados pelas mulheres para os campos econômicos e sociais; infestação de ratos na cidade do Rio de Janeiro e os problemas implicados pela mesma foram colocados com a descrição das medidas anunciadas pelo governo para o controle da mesma.

Edição nº 86

As denúncias de irregularidades dentro do Movimento Democrático Brasileiro foram colocadas como intensificador das disparidades ideológicas dentro do partido e na edição foi feito ainda um balanço sobre a formação do MDB ações e fracassos do mesmo; idéias da Igreja Católica em relação ao governo expostas na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil foram explicitadas; colóquio do presidente da Federação e Centro do Comércio do Estado de São Paulo, José Papa Júnior sobre a importância da necessidade de maior atuação dos empresários nas políticas econômicas principalmente; a ação do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) que para garantir terras à famílias do sul fez com que estas migrassem à Rondônia teve seus pontos negativos demonstrados; impasse entre os valores do cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e a situação da população foram discutidos em artigo; interesses comerciais entre Estados Unidos e Cuba foram demonstrados na edição como impulsionadores da reaproximação entre os dois países; histórico e ações da luta de independência da Eritréia foram demonstrados; a vulgarização e desvalorização do carnaval foram pontos articulados na descrição das dificuldades de reconhecimento aos compositores de marchinhas; visita do psicólogo humanista Carl Rogers ao Brasil e pontos de seu trabalho e representatividade da presença deste no país foram abordados.

Edição nº 89

Fechamento de uma empresa imobiliária de São Paulo colocou em questão a crise imobiliária a qual o país atravessava sendo esta explicada por suas causas e repercussões; as vultosas somas de lucros obtidos pelas subsidiárias brasileiras de multinacionais internacionais foram colocadas na edição que demonstrou as estratégias dessas para disfarçar os grandes lucros; discutiu se os resultados dos lucros bancários colocando as causas e comparando estes em relação a situação geral econômica; reivindicações por parte de viúvas de operários do Parque de Exposições da Guanabara em Belo Horizonte foram colocadas demonstrando a situação na qual elas viviam; debate com 6 trabalhadores integrantes do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo demonstrou a quem mais atendiam as horas extras; as enchentes em São Paulo foram demonstradas e a responsabilidade por estes problemas foi comentada apontando a omissão da Light; as relações entre Brasil e Estados Unidos foram explicitadas na edição com a citação da recusa por parte do Brasil do apoio militar norte americano sendo a questão do Acordo Nuclear e dos direitos humanos determinantes; a discordância entre discurso e prático dos Estados Unidos e relação à defesa dos direitos humanos e oferecimento de apoio foram colocadas; Declaração Universal dos Direitos Humanos foi também destaque do fim da edição; acordo nuclear entre Alemanha e Brasil foi colocado na edição que demonstrou a tentativa dos Estados Unidos de vetá-lo; a notícia da não efetivação do depósito compulsório para a redução do consumo de derivados do petróleo foi colocada e explicada demonstrando como a política brasileira enfrentaria a dívida com o exterior; o papel do Brasil e a utilização deste do mercado internacional foram colocados em artigo que demonstrou os efeitos da exportação de produtos brasileiros.

Edição nº 114

A possibilidade da diminuição do reajuste de salários mais altos pelo Ministério do Trabalho foi colocada na edição demonstrando seu impacto na economia brasileira; comentários sobre as manifestações da cultura brasileira e as tentativas de perdurar foram colocados em edição; argumentos e movimentações do governo por reformas políticas foram comentados e criticados pelos modelos de reformulação utilizados; histórico sobre as reformulações políticas, econômicas e sociais organizadas em Constituições ou na Revolução de 1930 foram destacados para a caracterização da política brasileira; as relações comerciais entre o Brasil e o Leste Europeu foram destacadas pelos ganhos e receios do país diante das mesmas; debate sobre a responsabilidade ou não dos Estados Unidos sobre as multinacionais foi colocado; contradições existentes entre programas partidários e afiliativos da Arena e do Movimento Democrático Brasileiro foram criticadas; organização da União Estadual dos Estudantes de São Paulo foi colocada demonstrando alguns pontos da reunião organizada; problema da imigração de pessoas dos países colônias da Inglaterra e o racismo implantado por isso foram comentados; articulações do governo da Polônia para a sustentação do novo governo pós revoltas operárias foram descritos; breves biografias de Hitler e outros políticos do IIIº Reich foram demonstrados para caracterizar os debates daquelas épocas; reorganização dos governos egípcio e líbio com a trégua entre eles foi destacada; patrocínio de eventos culturais foi debatido por importância e interesses acima deste.

Edição nº 146

O protesto contra o desemprego na Europa que consistiu em greve de 1 hora em 18 países foi caracterizado em coluna demonstrando a importância do movimento; a situação política, econômica e religiosa do Irã foi caracterizada; conflito entre Vietnã e Camboja foi colocado em debate por depoimento de vietnamitas; movimento grevista dos professores do estado de São Paulo teve as demonstrações das reivindicações do grupo; reunião de líderes sindicais com os ministros Mário Henrique Simonsen, da fazenda e Arnaldo Prieto, do trabalho, foi comentada na edição demonstrando o que se podia esperar de tal diálogo; comemorações pela instauração da Anistia em 1945 foram retratadas com histórico dos movimentos organizados naquele ano; homologação por convenção realizada pela ala arenista para a entrada do general João Batista Figueiredo na presidência e Aureliano Chaves na vice presidência foram comentados; reivindicações e situação trabalhista da Companhia Siderúrgica Paulista foram descritos; situação dos moradores da fazenda Betume no Sergipe vendida a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) foi demonstrada pela luta dos trabalhadores para o permanecendo nas terras; incentivos do governo brasileiro às exportações foram caracterizados.

Edição nº 194

A crise do petróleo foi relatada por suas causas; denúncia ao gerente geral da Jari Florestal relatou os incentivos dos norte americanos partidos por Daniel Ludwig para a exploração da Amazônia em busca da internacionalização da área; posse à presidência do general João Batista Figueiredo foi relatada na edição pelas manifestações contrárias organizadas pela população; greves, campanhas por eleições diretas, e questões econômicas debatidas e organizadas pela ação da população foram retratados na edição; matéria da revista Veja do jornalista Antônio Carlos Fon intitulado por Descendo aos Porões foi comentado com a caracterização das denúncias realizadas com relato ainda do enquadramento da edição na Lei de Segurança Nacional; movimentações do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo foram colocadas demonstrando a ação ofensiva dos dirigentes das indústrias acometidas por estes movimentos de reivindicação; denúncias de irregularidade na compra de ações para o Pólo Petroquímico da Bahia pelo ex presidente Geisel foi apresentada com descrição de todas as implicações de tal fato; entrevista com o general Hugo de Andrade Abreu colocou em pauta a contrariedade ao general Figueiredo, anistia, socialismo e situação dos partidos; conflito entre China e Vietnã foi demonstrado na edição relatando os acontecimentos da época em relação aos interesses chineses; os conflitos travados no Oriente tiveram ressaltados os problemas de articulação dos poderes da região; charges demonstraram a ação da imprensa brasileira e os problemas no discurso de Figueiredo.

Edição nº 220

A situação de trabalho dos bancários foi caracterizada na edição com o depoimento de Stanislaw Ponte Preta do Banco do Brasil que criticou a situação na qual se encontravam os bancários; greve dos bancários de Porto Alegre foi caracterizada pela busca de mais adesões e ação do governo na tentativa de desarticulá-la, há também balanço da reação violenta dos governantes nas greves de Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo e Belém; retorno do ex governador Miguel Arraes demonstrou a esperança dos participantes de movimentos pela democracia e independência com idéias do político e sua representatividade na política explicitada; visita do ex governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola à Porto Alegre teve como principal característica o desânimo e desinteresse da população diante da visita e as articulação de reestruturação do Partido Trabalhista Brasileiro; histórico sobre a guerrilha no Araguaia dos anos de 1972 e 1974 foi colocado na edição pelas opiniões do ex diretor da União Nacional dos Estudantes que foi também guerrilheiro e comentou suas idéias sobre o fracasso do movimento; criação do Conselho Nacional de Comércio Exterior (CONCEX) foi colocada como estratégia para o crescimento acelerado da economia o qual pelo discurso de Figueiredo e do Ministro da Fazenda, Rischbieter, seria responsável pelo aumento da exportação brasileira; liberações de aumento salarial foram demonstradas com as ressalvas das manipulações dos reajustes daquele ano sendo a situação dos operários nesse caso caracterizada; relato sobre a instauração da nova ditadura militar na Argentina foi feito pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos que investigaria em visita os casos de violação dos direito humanos; charges sobre a visita de Miguel Arraes e situação política e econômica brasileiras.

Edição nº 249

O momento de crise política de El Salvador foi demonstrado pela ocorrência da chacina responsabilizada pela Junta Civil Militar que era na época vista com pouca popularidade; entrevista feita à Jean Paul Sartre explicitou as idéias desse sobre as relações do Partido Comunista diante de questões humanistas e moralistas; trabalho infantil na colheita do algodão no Norte do Paraná foi demonstrado com relatos de histórias das crianças feitas de trabalhadoras; série de debates organizada pela Frente de Mulheres Feministas foi colocada na edição demonstrando os desafios em se colocar em prática as propostas do grupo; debate sobre a popularização intelectual e o papel de jornais como o Movimento foi demonstrado em coluna que deteve as idéias explicitadas por cientistas sociais; reivindicações presentes na Assembléia Geral de São Bernardo do Campo tomaram espaço também na edição; a crise interna existente no Partido Comunista Brasileiro foi caracterizada com a descrição da situação da direção do partido e as tensões que envolviam o nome de Luiz Carlos Prestes; o caso da brasileira presa no Uruguai, Flávia Inês Wesp Schilling em 1972 foi descrito e noticiado pela determinação de sua soltura; a I Conferência Brasileira de Educação realizada com profissionais da educação foi apontada na edição como local de debate sobre as ações dos professores para a melhoria da educação em balanço sobre o setor na época; um balanço sobre o regime ditatorial brasileiro foi colocado na edição com debate sobre as ações e expectativas dos partidos na época; balanço das articulações econômicas de Delfim Netto foi demonstrado junto a questão das reivindicações dos produtores de soja brasileiros; a Assembléia Geral dos Metalúrgicos foi destacada como momento de intensa representação dos operários no qual estes receberam apoio da Igreja e deflagraram a greve sendo a ação do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo quanto ao movimento caracterizada.

Edição nº 262

A visita do papa João Paulo II ao Brasil abriu as discussões sobre a Constituinte e as ações do governo para a melhoria da situação social; foi demonstrada a ação do papa junto a Figueiredo e até mesmo com líderes sindicais a qual deteve a caracterização dos principais pontos abordados em reunião; comentário sobre a criação do Grupo Especial de Prevenção da Bahia decretado pelo governador Antônio Carlos Magalhães e teve a demonstração de sua similaridade com o Esquadrão da Morte; atentado sofrido pelo professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e ex presidente da comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo foi comentado diante das possíveis causas do acontecimento do mesmo; debate sobre unicidade sindical ou pluralismo foi demonstrado na edição com as vantagens e problemas de cada modelo com demonstração do funcionamento do sistema; políticas do Partido dos Trabalhadores foram demonstradas por suas ações e motivações; anistia organizada pelo governo daquele ano foi caracterizada demonstrando como ela era aplicada; Lei dos Estrangeiros deteve na edição sua caracterização; reportagem remontou histórias e impressões de perseguidos americanos exilados no Brasil; questão econômica brasileira foi demonstrada com comentários sobre a alta da inflação no ano caracterizada por Delfim Netto como decrescente; eleições na Bolívia obtiveram comentário com demonstração do crescimento do socialismo no país; tensões políticas entre Estados Unidos Alemanha e União Soviética foram demonstradas na edição com relato das declarações do secretário da defesa norte americano Harold Brown sobre a viagem do chanceler alemão Helmut Schmidt à União Soviética; ideias dos integrantes da 32ª Reunião da Sociedade para o Progresso da Ciência sobre o governo militar foram ressaltadas; opinião de um dos fundadores do jornal sobre as práticas e ações do mesmo foi explicitada em coluna da edição; crítica feita às medidas tomadas pelo Conselho Monetário Nacional ante o crédito rural daquele ano foram descritas; sátira sobre problemas políticos e econômicos enfrentados pela população.

Edição nº 307

A apreensão da edição anterior à essa do jornal foi demonstrada juntamente a outras tentativas de impedimento às proliferações de ideias do Movimento, com síntese sobre os destaques publicados na edição apreendida; repercussão dos atentados como o ocorrido à Dom Hipólito e o papa João Paulo II foram retratados na edição com demonstração das ideias de combate e motivações desses acontecimentos; novas tarefas instituídas à Polícia Militar foram apresentadas na edição com comentário sobre os moldes nos quais a polícia na época seria organizada; ação dos exércitos em defesa de policiais do Riocentro onde aconteceu explosão em 30 de maio daquele ano deteve comentário com contestações sobre a versão oficial; recebimento de documento redigido pela oposição declarando o fim do apoio à Figueiredo foi comentário com demonstração de algumas das implicações de tal ação; reativação do Grupo Permanente de Mobilização Industrial foi demonstrada com enumeração das ações e pretensões do mesmo; greve da Polícia Militar baiana foi comentada em coluna com caracterização das articulações do governo para a repressão do movimento; manifestações dos trabalhadores da FIAT pelas demissões em massa e greve destes foram ressaltados; vitória do Partido Socialista na França foi demonstrada na edição com comentário sobre as tendências do governo no programa de nacionalização do mesmo; situação do general Luis García Meza no poder foi demonstrada na edição com comentário sobre as tendências do governo e fazendo um balanço de suas ações no mesmo; a Zona Franca de Manaus foi caracterizada segundo sua industrialização que cada vez mais crescia; a situação política da Irlanda foi caracterizada pelos seus problemas e ações efetivadas pelo governo na época.

Edição nº 308

Ato público contra o fascismo realizado em São Paulo demonstrou a importância desse tipo de manifestação; serviço de informações das Forças Armadas foi caracterizado demonstrando a busca das II Seções do Exército em controlar os campos sociais e profissionais militares; problemas do Inquérito Policial Militar do caso do Rio Centro foram caracterizados na edição; manobras da FIAT contra a greve de seus funcionários foram demonstradas; a recessão vivida pelo Brasil na época foi caracterizada com demonstração do exemplo da Companhia Siderúrgica Nacional que demitiu vários funcionários aumentando o problema do desemprego; entrevista argumentou sobre a greve na FIAT por meio dos depoimentos de quatro membros do Comando de Greve que contaram quais era suas articulações dentro da mesma; a carreira de Bob Marley e sua utilização da música para demonstrar as reivindicações e direitos dos trabalhadores foram descritos; eleição da diretoria da Associação dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo foi comentada com os depoimentos de 3 candidatos que expuseram seus planos de ação.

Edição nº 318

Eleições do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo tiveram a situação e atuação de cada chapa candidata à presidência desses descritos; os sem terra do Rio Grande do Sul tiveram a descrição de sua situação e das tentativas de negociação com o governador do estado; 2ª Reunião do Conselho Nacional dos Estudantes foi demonstrada diante dos debates empreendidos pela mesma; reportagem especial fez breves biografias de Antônio Cardoso, Padre Reginaldo e Grupo Musical Galo de Briga e envolvimentos destes em defesa dos direitos de grupos populares; eleições do Sindicato dos Comerciários de Brasília foram demonstradas diante das articulações dos sindicatos, trabalhadores e empresários; 4ª Assembléia Nacional do Conselho Indigenista Missionário foi representada na edição pelas discussões empreendidas na mesma; acordo nuclear efetivado por Geisel entre Brasil e Alemanha foi caracterizado; apoio dos Estados Unidos na reestruturação da política da Nicarágua após a derrubada de Somoza foi comentário da edição; desvalorização da arte pelo governo deteve caracterização e levantamento de ações que deveriam ser feitas por ele em atenção à área; comentário foi feito em relação às tropas de choque e Polícias Militares sobre ações e táticas utilizadas na repressão de cunho social e popular; histórico da formação e utilização das PMs durante a política brasileira; programa de natalidade organizado entre o governo e a Igreja Católica foi descrito; descrição das discussões feitas na reunião dos sindicatos em São Bernardo do Campo; programas contra o fumo foram descritos por comentário de um incidente em voo entre Nova York e Washington.

Edição nº 326

Propostas de dirigentes sindicais para determinações da 1ª Conferência Nacional das Classes Trabalhadoras (CONCLAT) foram caracterizadas; articulações que seriam feitas na política brasileira posteriormente o infarto sofrido por Figueiredo foram descritas; histórias de denúncias de corrupções feitas por Golbery do Couto e Silva e Paulo Salim Maluf foram comentadas em coluna que retratou a aproximação dos dois políticos; nomes de envolvidos na venda de terras públicas foram descritos; assassinatos, ameaças e prisões ocorridos no Pará na região do Araguaia foram caracterizados na edição; o governo e a baixa popularidade do governador da Bahia, Antônio Carlos Magalhães foram pontos ressaltados na edição; o ataque a política cubana pelos Estados Unidos foi debatido pelo Comitê de Santa Fé que caracterizou fraqueza do país; independência de Belize foi demonstrada diante da oposição da Guatemala; a sobrevivência e objetivos do jornal foram pontos caracterizados em artigo; economia brasileira foi analisada em relação ao censo daquele ano.

Edição nº 113

Escritora Regina Rosemburgo foi entrevistada na edição na qual coloca suas percepções sobre movimentos sociais e relata aspectos de sua própria carreira.

Resultados 1 até 30 de 6506