Subsérie 01 - Coo Jornal

Edição nº 21 Edição nº 27 Edição nº 30 Edição nº 31 Edição nº 33 Edição nº 34 Edição Especial Edição nº 40 Edição nº 41 Edição nº 43 Edição nº 46 Coojornal especial Edição nº 54 Edição nº (Fragmentos 1 e 2)

Área de identificação

Código de referência

BR MGUFV JB.02.01

Título

Coo Jornal

Data(s)

  • 1977-1980 (Produção)

Nível de descrição

Subsérie

Dimensão e suporte

Suporte: Papel

Área de contextualização

Nome do produtor

História administrativa

Diferentemente dos jornais anteriores, o Coojornal não tinha ligações orgânicas com os grupos políticos da época. Era uma experiência de jornalistas gaúchos — muitos deles egressos da Folha da Manhã, outros recém-saídos das escolas de comunicação do Rio Grande do Sul — que visavam a um jornalismo crítico, independente e livre, inspirado no modelo do Il Giornale italiano.

Em agosto de 1975 foi fundada a Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre Ltda. com o objetivo de prestar serviços jornalísticos e de editar seu próprio jornal. A cooperativa começou produzindo jornais para diversos sindicatos e associações e, finalmente, em outubro de 1976, lançou sua própria publicação: o Coojornal, tendo Elmar Bones como editor e Osmar Trindade como secretário.

O forte de Coojornal eram as grandes reportagens políticas, de cunho documentário, “reportagens-denúncias”. Muitas delas foram furos jornalísticos e lhe valeram prisões e processos. Uma das mais importantes foi publicada em julho de 1977 e apresentava o primeiro levantamento exaustivo do número de punidos (demitidos, cassados e exilados) pelos atos institucionais do regime militar. Outra reportagem de impacto, em março de 1980, provocou a prisão de alguns jornalistas por 17 dias. O Coojornal comprou informações sigilosas do Exército e publicou um relatório do general José Canavarro Pereira sobre a guerrilha do vale do Ribeira, comandada por Carlos Lamarca (1970). O jornal foi processado pelo Exército pela divulgação de documentos secretos; os jornalistas foram presos e condenados, mas soltos por habeas-corpus.

Os principais problemas enfrentados pelo Coojornal teriam decorrido de sua principal característica: a forma cooperativa de produção dentro de um mercado de competição capitalista. Assim, os principais conflitos giravam em torno das formas de pagamento aos jornalistas — opondo “veteranos”, “jovens” freelances. Além disso, as pressões políticas sofridas pelo jornal terminaram por assustar os anunciantes, que retiraram seus produtos. Para o Coojornal, que, ao contrário da maioria dos jornais alternativos, tinha sua receita baseada na publicidade, isto foi um duro golpe. Em março de 1983 saiu a sua última edição.
(Fonte: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/imprensa-alternativa)

História do arquivo

Procedência

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Jornais que abordam, além de assuntos gaúchos, questões políticas, conflitos ou problemas relacionados à reforma agrária, ao governo brasileiro e ao governo de outros países da América Latina. Tais questões estão retratadas em reportagens, artigos, charges e entrevistas com políticos, artistas e estudantes. Além desse retrato social, abordam também questões de cunho cultural.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Organizado por número de edição em ordem crescente. Edições: 21, 27, 30, 31, 33, 34, edição especial, 40, 41, 43, 46, 47, 53, 54, fragmentos 1 e 2.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Instrumento de pesquisa gerado

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

05.02.01-S06 GAV4 CAM1-15

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

05.02.01

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Nível de detalhamento

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Zona da incorporação

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados

Depósito físico

  • Armário de arquivo: GAV JOR 04