Fundo ESAV - Escola Superior de Agricultura e Veterinária

Estatuto da ESAV de 1932 Regulamento da ESAV de 1926 Regulamento de 1931 Regulamento de 1947 Atas de Congregação Rolfs Atas da Congregação (1929 - 1932) Atas da Congregação (1932 - 1933) Atas da Congregação (1933 - 1935) Atas da Congregação (1935 - 1938) Atas da Congregação (1938 - 1943) Atas da Congregação (1943 - 1947) Atas da Congregação (1947 - 1951) Livro de Atas da Junta Administrativa  Atas da Congregação Especial (1936-1939) Atas do Conselho Departamental Relatório anual de 1927 Direção Experimentação e desenvolvimento de pesquisa Despedida dos participantes do curso de milho da 7ª Semana do Fazendeiro Fundadores da Semana do Fazendeiro Fundadores da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Palestra para os participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro Fazendeiros Capixabas participantes da Semana do Fazendeiro Participantes da Semana do Fazendeiro em fila para o almoço
Resultados 1 a 30 de 151 Mostrar tudo

Zona de identificação

Código de referência

BR MGUFV ESAV

Título

Escola Superior de Agricultura e Veterinária

Data(s)

  • 1921 - 1949 (Produção)

Nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

Dimensão: falta aferir
Suporte: papel
Gênero: textual, iconográfico.

Zona do contexto

Nome do produtor

História administrativa

A Escola Superior de Agricultura e Veterinária (Esav) nasceu como uma instituição de ensino superior baseada no modelo norte-americano dos Land-Grant Colleges. Modelo que é pautado no ensino, pesquisa e extensão, também voltada para a melhor instrução dos trabalhadores do campo. A Esav contava com as seguintes modalidades de cursos: os breves, os elementares, os médios e os superiores. Criada formalmente em 30 de março de 1922 e inaugurada em 28 de agosto de 1926, a Esav iniciou suas atividades acadêmicas em 1º de agosto de 1927 com os cursos fundamental e médio. As aulas do curso superior de agricultura iniciaram no semestre seguinte e o superior de veterinária, em 1931. O formato de Escola percorreu até o ano de 1948 quando deu origem a Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (Uremg).

História do arquivo

História da ESAV: A Escola Superior de Agricultura e Veterinária – ESAV nasceu como uma instituição de ensino superior, baseada no modelo norte-americano dos Land-Grant Colleges, pautados no ensino, pesquisa e extensão, também voltada para a melhor instrução dos trabalhadores do campo. A ESAV contava com as seguintes modalidades de cursos: os breves, os elementares, os médios e os superiores.
Criada formalmente em 30 de março de 1922 e inaugurada em 28 de agosto de 1926, a ESAV iniciou suas atividades acadêmicas em 1º de agosto de 1927 com os cursos fundamental e médio. As aulas do curso superior de agricultura iniciaram no semestre seguinte, e o superior de veterinária, em 1931. O formato de Escola percorreu até o ano de 1948 quando deu origem a Universidade Rural do Estado de Minas Gerais (UREMG).

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Este "fundo" documental reúne a documentação referente à construção da ESAV, sua administração e ao ensino, pesquisa e extensão, e documentos relativos à cultura e religião não só da instituição, mas também da cidade de Viçosa. Dentre os documentos, encontram-se atas, boletins de frequência, documentos técnicos, correspondências, recursos humanos, aquisição de materiais, projetos e plantas, além de fotografias e jornais que tratam do cotidiano local, regional e nacional.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Sistema de Arranjo: O fundo divide-se em sete seções, essas se subdividem em séries e subséries que buscam refletir todas as funções e atividades realizadas pela ESAV por meio diversos tipos documentais.
As Seções estão dispostas e acessíveis na aba esquerda desta página.

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Sem restrição de acesso.

Condiçoes de reprodução

A reprodução é permitida mediante acompanhamento dos responsáveis pelo ACH-UFV.

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Nas instalações da casa 10 da Vila Giannetti.

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Coleção: Acervo Fotográfico do Arquivo Central e Histórico da UFV. Disponível em: http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/5992

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Nota sobre Conservação:
A casa que abriga o acervo foi construída na década de 1950, e até o final da década de 1990 eram utilizadas como residência de professores. Por causa disso, foram eminentes as infiltrações no teto ao longo do tempo constatou-se indícios de que parte do acervo teve contato com água, principalmente as caixas que se encontravam no chão dos corredores, processo que acelerou o amarelamento e o surgimento de manchas em vários documentos. Além disso, o arquivo é localizado em meio a inúmeras árvores e plantas e ao longo do tempo recebeu diversos ataques de insetos, como pulgas, cupins e outros. Apesar de encontrar alguns documentos parcialmente danificados os documentos não se perderam, com exceção de um livro de rendimento e frequência do 1º semestre de 1940.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

01.01.00.00

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Preliminar

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

  • português do Brasil

Script(s)

Fontes

Nota do arquivista

As atividades de organização, descrição e difusão deste fundo documental são coordenadas pelo Arquivista Eduardo Luiz dos Santos.
Informações sobre a metodologia e alguns procedimentos:

Objeto digital (Matriz) zona de direitos

Objeto digital (Referência) zona de direitos

Objeto digital (Ícone) zona de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados

Locais relacionados